Consumo excessivo de carne vermelha ou branca aumenta o colesterol ruim, mostra pesquisa

Consumo excessivo de carne vermelha ou branca aumenta o colesterol ruim, mostra pesquisa

O desequilíbrio é maior se a pessoa tiver predisposição genética a produzir mais colesterol. A dica é incluir mais vegetais nas refeições e consumir carnes magras.

Carnes brancas ou vermelhas aumentam o colesterol ruim — Foto: Divulgação
Carnes brancas ou vermelhas aumentam o colesterol ruim — Foto: Divulgação

Afinal, faz diferença comer carne branca ao invés da vermelha para não aumentar o colesterol ruim? De acordo com uma pesquisa da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, o abuso no consumo dos dois tipos de carne aumenta o colesterol, principalmente o LDL, se comparado a dieta sem carne.

A pesquisa mostra que o grupo que consumiu carnes gordas, branca ou vermelha, que são ricas em ácido graxo saturado, tiveram as taxas de colesterol LDL ainda mais altas que o grupo que consumiu carnes magras.

Toda carne de frango ou vermelha tem ácido graxo saturado, mas algumas carnes têm mais gordura que outras e é nisso que devemos prestar atenção.

 Um estudo foi feito durante quatro semanas. Um grupo se alimentou só com a carne vermelha ou branca gorda, outro com carne magra também sendo vermelha ou branca, e um terceiro grupo sem o consumo de carne, mas com derivados do leite. O estudo mostra que quem não consome carne, têm os níveis de colesterol mais normalizados.

Nosso fígado produz o LDL colesterol, que é importante para ao funcionamento das células e para a formação de hormônios, como o estrogênio e a testosterona. Mas quando o LDL está muito acima do ideal, ele inflama as células e entope as artérias.

O desequilíbrio pode ser causado quando a pessoa tem predisposição genética a produzir mais colesterol ou quando ela ingere muitos alimentos com ácido graxo saturado, que não estão presentes só em carnes. O consumo de carboidratos em excesso, e os derivados do leite podem contribuir para o aumento do colesterol.

Consumir vegetais junto com a carne, minimiza os malefícios do colesterol.  — Foto: Divulgação
Consumir vegetais junto com a carne, minimiza os malefícios do colesterol. — Foto: Divulgação

Veja alguns exemplos de carnes magras:

Carnes brancas magras
Peito de frango
Sobrecoxa de franco sem pele

Carnes vermelhas magras:
Filé mignon 
Coxão mole
Coxão duro
Patinho

Prefira consumir carnes com menos gordura e incluir vegetais nas refeições — Foto: Divulgação
Prefira consumir carnes com menos gordura e incluir vegetais nas refeições — Foto: Divulgação

Carne vermelha causa câncer?

A nutricionista Danielle Fontes respondeu algumas dúvidas sobre o consumo de carne. “A carne vermelha pode até provocar câncer dependendo do tipo da preparação e da quantidade consumida. A carne vermelha quando é feita grelhada ou em altas temperaturas, ela produz uma substância que pode ser cancerígena. Outra maneira de preparar que também aumenta o risco é o churrasco. O fato da gordura respingar no carvão e produzir fumaça e ir para carne, produz substâncias que são consideradas cancerígenas. É claro que esse consumo de carne grelhada ou em churrasco precisa ser em grande quantidade para ter esse malefício”.